Onde está Zélia? Momento “duncanmaníaco” no Ibirapuera

P1000830Em turnê de lançamento do novo cd “Pelo Sabor do Gesto”, Zélia Duncan me recebeu rapidamente pra um papo entre dois shows no mesmo dia. O primeiro foi num domingo de sol no Ibirapuera e foi nos camarins do lindo auditório que nos falamos. Do lado de fora “duncanmaniácos” aguardavam ansiosos por sua saída e é de lá essa foto que estampa o post. Só se pode ver o braço de Zélia entre a turba amorosa e quase incontrolável.

no meio da confusão, onde está Zélia?

no meio da confusão, onde está Zélia?


Depois de presenciar a cena me lembrei da entrevista que fizemos para meu primeiro livro, o Vozes do Brasil vol.1 quando conversamos sobre tudo, inclusive a relação com os fãs. Falamos de “Catedral”, seu primeiro grande sucesso, e da identificação com o artsita através da música. Transcrevo aqui um trecho:
(…) Numa ocasião anterior, a gente falou sobre essa conversa sua com a platéia. Você disse: “É, agora estou deixando rolar…”
Já foi mais tenso. Quando sinto que o público me conhece eu relaxo um pouco mais. Também é a minha maneira de reagir (…) Há dias em que me sinto bem pra responder e me dou ao luxo de brincar e falar.
Já vi jogarem pétalas de rosa pra você no palco… Seus fãs são muito efusivos e calorosos. Como é essa proximidade?
Houve uma fase de adaptaçao. Tanto minha quanto deles. Depois de tanto tempo no anonimato, às vezes dá vontade de mostrar a cada uma dessas pessoas o quanto você está grata. (…) Demorei um tempo pra achar esse meio termo. Um dia, depois de um show, fiquei muito cansada, estava chovendo demais, e resolvi não receber ninguém. Isso criou um problemão lá fora! Forçaram a porta e começou uma guerra entre quem dizia que eu já era outra e quem não pensava assim. (…) O fã-clube tem um fanzine e escrevi uma carta pra eles. (…) Foi uma maneira legal de dizer: “tenho os meus limites e são estes”. As coisas melhoraram.
174551
Na entrevista tem muito mais. Zélia Duncan foi a primeira artista e me conceder algumas horas pra esse projeto tão importante pra mim: registrar em livro uma geração de artistas que eu admiro e que estão fazendo uma enorme diferença na música brasileira hoje.
Essa conversa foi em 2001 e é interessante ver como é coerente o discurso de então com os rumos de sua carreira. Logo depois Zélia Duncan faria o incrível “Eu Me Transformo em Outras”, um disco que lançou luz sobre a excepcional intérprete e conhecedora da tradiçao da música brasileira, foi um divisor de águas em sua história.

Aqui uma das canções do disco novo:

No Vozes dessa semana tem um papo rápido sobre o acento francês de seu novo disco. Em poucas palavras ela conta a história das canções de Alex Beaupain e da gravação de Telhados de Paris de Nei Lisboa (sobre isso tem um post anterior aqui mesmo no blog).
Pra ouvir confira a sintonia na sua cidade na página Vozes do Brasil no Rádio ou acesse o Território Eldorado na internet (link aqui ao lado).

31 comentários sobre “Onde está Zélia? Momento “duncanmaníaco” no Ibirapuera

  1. Legal esse assunto ‘duncanmaníaco’, porque eu sou uma fã da Zélia (desde pequena) e uma coisa que me orgulha muito é essa relação dela com a gente, esse carinho especial. É sempre atenciosa. Mesmo cansada, depois dos shows, ela atente todo mundo com um sorriso enorme no rosto. Eu demorei pra descobrir esse jeito dela, mas agora não largo mais! Os fãs da Zélia também são exemplares. Acho que hoje em dia eles já a conhecem e, por isso, respeitam muito. Eu acho também que ela mudou ao longo da carreira e hoje entende bem mais essa coisa do fã, está bem mais segura mesmo, até no palco.

    Só sei que o “Eu Me Transformo em Outras” foi o primeiro motivo musical que me fez chorar de emoção. Foi um presente, me lembro de quando o CD saiu, a minha ansiedade em ouvir cada canção… é até hoje um dos meus favoritos dentro da música brasileira.

    Obs.: Adoro esse blog!

  2. ah, por isso que vocês demoraram pra sair, né. tá bom, a causa foi boa. e o solzinho lá fora também.

    por que você não faz o Vozes II? meu livro é um sucesso na mesa da sala sempre que vem alguma visita nova… 🙂

    e zelia duncan é sempre sensacional, desde o primeiro show no tom brasil.
    ela é vinho tinto.

    um beijo

  3. Eu tenho o vol. 1. Li todo. Um registro muito bacana. Talvez uma das últimas entrevistas da Cássia, não?
    Também fui a todos os shows que rolaram no Sesc Vila Mariana na época. Ah, por falar em fãs, meu livro tem muitos autógrafos. Inclusive o seu!
    Acompanhar ZD é muito gratificante. Em 2003, plena quarta-feira, primeiro ano de feriado de 9 de julho em Sampa, rumei pro Rio pra vê-la no Centro Cultural Carioca, no show Eu me transformo… Inesquecível.
    bj.

    • Oi Léia,
      sim, foi mesmo uma das ultimas entrevistas da Cássia. Ela nem viu o livro pronto. No lançamento fizemos uma sutil homenagem… Aliás, que shows lindos, né?
      obrigada pela visita!
      um beijo
      Patricia

  4. Bom dia Patrícia, tudo bem ? Quero parabenizá-la pela iniciativa dos livros e também pelo programa vozes do Brasil, sou uma recente ouvinte e adorei as últimas programações. Estou ansiosa para folhear e ler as páginas dos seus dois livros Vozes do Brasil publicados, comprei ontem via net e receberei em 3 dias, haja ansiedade rss. Ainda não conhecia todo o repertório da Zélia Duncan, mas em agosto assisti ao primeiro show do lançamento “Pelo Sabor do Gesto” e amei, foi maravilhoso, entre muitas surpresas, a parte que mais me tocou foram os gestos dedicados à fã Marta Morgado na música “Todos os verbos” do Marcelo Jeneci e da Zélia Duncan, isso sim é mastercard, não tem preço…Deu prá perceber um gesto bem singular, segue link

    O novo cd está repleto de belas músicas, ótimas letras, arranjos encantadores, parcerias especiais, músicos talentosos ( no cd e principalmente no show ) e claro conta com o tempero todo especial da protagonista, e ontem coincidentemente ao chegar num compromisso ouvi uma parte da sua programação, percebi que foi uma rápida entrevista, e ouvi somente à partir do momento que ela falava sobre o título inicial do cd e na sequência sobre algo sobre a música Telhado de Paris, na sequência rolou a seleção de algumas músicas do novo cd mas depois não pude ouvir mais pois entrei numa reunião. A entrevista inteira será postada no seu blog ? Às vezes dirigo locutores e atores, e senti que a entrevista rolou de uma maneira tão gostosa e descontraída que senti vontade de ouví-la inteira, acessei os sites mas ainda não existe a entrevista veiculada ontem, fiquei curiosa, você poderia por favor enviar o link da entrevista ? Obrigada,
    Bom dia, beijos, Aninha
    P.S: O show do Ibirapuera também foi maravilhoso, belas músicas acompanhadas pelos músicos da Orquestra Arte Viva com regência do Maestro Amilson Godoy. Poderiam programar mais domingos musicais nos Parques de SP, ótimas músicas prá todos terem acesso.

    • Oi Aninha,
      que legal que você vai receber os livors! Depois me conta.
      obrigada pela mensagem e seja bem vinda.
      beijo
      Patricia

      • Olá Patrícia, boa tarde, tudo bem ? Finalmente recebi os livros após o atraso da Fnac, e estou adorando, quantas experiências musicais deliciosas, imagino a emoção ao entrevistá-los, muitas histórias em cenários diferentes, que projeto gostoso ! Parabéns, estou adorando, recebi no sábado e foi uma bela opção para um feriadão prolongado…Darei notícias, deixa eu mergulhar com calma nessas páginas, relembrar as músicas citadas com carinho, pesquisas as que ainda não conheço e em breve te conto tudo ! Beijos, bom feriadão, Aninha.
        Obs: Te enviei um email sobre o cantor e compositor, Antonio Vieira, via email citado no site contato@patriciapalumbo.com.br e o mesmo voltou, vale a pena dar uma olhada, talvez outras pessoas tenham tentando te enviar emails também 😉

      • Oi Aninha,
        que bom que você está curtindo o livro!
        vou ver isso do email, obrigada.
        bj
        Patricia

  5. Oi, Patricia.

    Adoro a Zélia e curto bastante o seu (Patricia) trabalho, que acompanho desde que o seu programa era na finada Musical FM. Legal saber que vc já está pensando no terceiro volume do Vozes do Brasil. Se me permite uma sugestão, não deixe de incluir a Marina Lima (que vc já entrevistou no Conversa Afinada!!!). Ela faz 30 anos de carreira este ano. É um nome muito importante da música brasileira, mas nem sempre é devidamente lembrada e reconhecida. Saudade de quando o seu programa era diário e ao meio-dia. Eu ouvia sempre. Agora nem sempre dá, nem sempre lembro. Mas acompanho como é possível. Vc faz um trabalho diferenciado. Parabéns!

    Um bj,

    Andrea Caitano

    😉

    • Oi Andrea,
      muito obrigada pelas palavras…
      de fato, só uma vez por semana fica mais dificil, mas tem o jeito de ouvir pelo computador, de qualquer lugar, a qualquer hora e o programa que esciolher e isso é bem bacana.
      Tentei a Marina pros dois livros. E continuarei tentando. Sou uma grande admiradora do trabalho dela.
      um beijo
      Patricia

      • Oba!!! Fico aqui torcendo! Vou tentar ouvir os programas pela internet, então. Realmente é uma opção bacana. Foi vc que me apresentou artistas incríveis, como Rita Ribeiro, Vanessa da Mata, Chico César… Sinto falta de ouvir o Vozes.

        Grande beijo!

        😉

  6. Olá, olhe eu li todas as postagens e não posso deixar de concordar com as palavras da Andrea… Marina, trinta anos de carreira não pode passar em branco! Um site muito bacana que eu recomendo, é: http://www.cantorasdobrasil.com.br

    ps: ficarei na torcida de suas tentativas…

    Um big beijo!

  7. vc é mto simpática sabia? obrigado por me responder!

    éé dps ouça “felicidade” com zélia duncan, uma letra de luiz tatit… é lindo, vc vai gostar!

  8. estou buscando tudo sobre a queridíssima Zélia Cristina (este é seu nome de batismo e como se nomeou no 1º disco…). Aí achei você…
    Endosso o comentário acima, sobre o poema Felicidade. Ela o declamou em Recife, e pra mim, foi o êxtase ver sua performance. Outro momento lindo, foi quando interpretou em Libras “todos os verbos”, e contou a história da fã portuguesa, portadora de surdez.
    Mas, como se surpreender com estes gestos, quando vindos de alguém com a sensibilidade desta pessoa que é Zélia???

  9. “cutucando” na internet, resgatei duas obras-primas da nossa querida: seu primeiro disco OUTRA LUZ e o segundo (eu acho) ZÉLIA DUNCAN. Ah! esta moça arrasou, e mostrou desde o início, a que veio. Bem que ela podia produzir um trabalho revisitando as músicas deste início de carreira. Pérolas como OUTRA LUZ, DE ONDE VEM (versão lindíssima de outro fera – Orlando Morais, para goig home, de Kenny G.), ASTÚCIA (esta é demais!), UM JEITO ASSIM (linda, linda), bem que podiam ser apresentadas!!!
    Meu Deus, o que mais curto no conjunto da obra é vê-la se revelar, indo e vindo em todas estas nuances de suas composições e interpretações…
    Não, não há palavras que definam tal deleite…
    Beijo,
    Solange

  10. Como faço para ver o filme tão falado (les chansons d’amour)???
    outra informação, por favor: dia 28 agora é o aniversário de Zélia Duncan? o que os fã-clubes e você, particularmente farão em homenagem?
    Grata

    • O filme ainda não saiu em vídeo até onde eu sei, dvd quer dizer, mas aqui em São Paulo está em salas especiais.
      Tomare você consiga assistir, é lindo!
      e pra Zélia, vamos lembrar no programa e desejar muitos anos de vida!!!
      beijo
      P.

  11. PARA SOLANGE:

    Solange, parece que esse filme não é fácil de encontrar. Você usa Orkut? Se sim, na comunidade da Zélia Duncan você acha um link para download do filme. Ele é lindo é lindo mesmo, recomendamos! (rs)

    =)

    • Para Bethania,
      Agradeço sua sugestão. Pedi a uma amiga, e ela localizou o filme pela internet. Em breve estarei asistindo!

  12. Soy uruguaya y me cuesta conseguir sus cds. pero me las arreglo para escuchar sus canciones.
    La calidad humana de Zélia la llevará al encuentro del público que se merece.
    Exitos y felicidades para esta gran artista del querido Brasil

  13. Patrícia,
    obtive seu livro Vozes do Brasil pela Editora Saraiva. Sua leitura será prioridade nas férias de janeiro…
    parabéns pela obra!

  14. Prezada Patrícia,

    Faz algum tempo que acompanho seu (belíssimo) trabalho, seja nas ondas do rádio, dos livros (excelentes) e até palestra sua já acompanhei . A música em geral e a brasileira em particular , é uma grande e inesgotável viagem . Quanto mais eu descubro mais “doente” eu fico . Devo muito a você e suas preciosas dicas . E Zélia Duncan virou uma espécie de mania . Eu que torci o nariz para ela por causa de “Catedral” , hoje sou devoto . Na minha humilde opinião “Pré Pós Tudo Bossa Band” (que ouvi pela primeira vez no Vozes), é um dos melhores da história de nossa música .
    Um grande abraço e tenha uma boa vida . Você e a Zélia, claro .

  15. Oi Patricia,faz um tempinho que não venho aqui mas.Adoro a Zélia,um dos cds que gosto muito é “eu me transformo em outras”.No dia 6 de fevereiro fui assistir a Zélia no sesc Pinheiros,achei incrivel.”Ela disse que algumas pessoas disseram que ela estava louca por colocar no show todas as músicas do cd novo”,Pelo sabor do gesto.mas não é pra isso que se faz música?Eu sou suspeita pra falar por que escuto o cd do começo ao fim e sempre que vou à um show gostária de ouvir as músicas novas no show ao vivo e a cores.Se não de que adianta!Pra que vou aprender todas as músicas.(Acho que é por isso que as pessoas me acham meio louca quando canto uma música do cd de alguém que ninguém conhece).Nas rádios dificilmente ouviremos mais de três músicas de um cd .Somos praticamente obrigados a ouvir ,aprender e enjoar de uma música.Ainda bem que temos você para nos salvar.
    Adoro seu programa!
    bjão!

    • Oi Ana,
      também gosto muito do “Eu Me Transformo…”.
      Obrigada pela visita e por seus comentários.
      um beijo
      Patricia

    • Ana,
      Você tem razão, é a praga da música de trabalho…
      obrigada pela visita e por seus comentários.
      um beijo,
      Patricia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s