Mudar a vibração. Será que a gente consegue?

Fim do ano e as ruas de São Paulo estão mais histéricas do que nunca. Todo mundo voando pra se livrar do finalzinho do trabalho, dos compromissos e se sentir livre, em férias.
Hoje passei por duas situações violentas no trajeto pra casa. Tenho andado de taxi todos esses dias e dizer que é estressante é pouco. Cada motorista conduz de um jeito e nem sempre é do mais civilizado. Pedestres se sentem agredidos, outros motoristas igualmente brutos se enfrentam, dá vontade de não sair de casa.
Mas não dá. Então, o que fazer? Manter a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranquilo?
Eu recomendo praticar yoga, respiração consciente, ouvir música que te alimente, entrar em outra sintonia. Sim, o ano está terminando, vem as festas, o verão, uma delicia. Mas vamos aproveitar todo dia. Não dá pra viver o que ainda está lá pra frente. E sair correndo pra chegar lá?! Não olhar o que está aqui? Não sentir o agora? Bobagens, meu filho, bobagens…

4 comentários sobre “Mudar a vibração. Será que a gente consegue?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s