Do morro da Mangueira até Pernambuco com Cartola, Lampião, Lírio Ferreira e Chico Science

Estou cada vez mais fã do Canal Brasil. Ontem a noite, ilhada por causa da chuva não fui à Ocupação Chico Science no Itaú Cultural e liguei a tv na maior tristeza. Dei de cara com o documentário de Lirio Ferreira e Hilton Lacerda, “Cartola, Música para os Olhos”. Fiquei vidrada e feliz de novo. O mesmo Lírio que fez o excelente “Baile Perfumado” cuja trilha tem a participação de Chico e de toda aquela turma genial de Pernambuco. Me senti confortada…

No filme sobre Cartola uma das cenas mais bonitas e emocionantes para mim foi tirada daquele repertório fundamental de Fernando Faro e seu programa Ensaio. Cartola canta “Nós Dois” e Dona Zica está lá com ele, os dois trocam olhares e ela sorri todo o tempo. É de uma beleza comovente essa parceria. Um trecho da letra: “devemos trocar idéias e mudarmos de idéia, nós dois, e se assim procedermos seremos felizes, depois…”

E no épico “Baile Perfumado”, que Lirio Ferreira dirige com Paulo Caldas – outra figura importante pra história da cultura de Pernambuco, a trilha sonora é maravilhosa. Tem Chico Science, Fred Zero Quatro, Lúcio Maia, Siba e Stella Campos cantando a música tema que é das minhas preferidas. O filme foi lançado em 97 e além da qualidade cinematográica inegável, a historia bem contada, roteiro e atores excelentes, uma textura maluca na tela, foi também uma bela maneira de colocar essa nova música pernambucana na roda.
Vejam como a performance do Nação Zumbi e Chico Science casam perfeitamente com a história de Lampião.

Agora Lírio Ferreira, de quem sou fã incondicional, está em cartaz com o filme sobre Humberto Teixeira, “O Homem que Engarrafava Nuvens”. Mais uma vez o diretor se joga no universo musical brasileiro e traz preciosidades. Humberto Teixeira foi um dos principais parceiros de Luiz Gonzaga e escreveu lindezas como “Kalu” (que é só dele), “Asa Branca”, “Assum Preto”, “Qui Nem Jiló” e outros clássicos do baião.

No fim, por conta da chuva, fiz uma viagem musical com ajuda de Lirio Ferreira e ele nem sabe disso. Fui do Morro da Mangueira até Pernambuco. Agora vou ver a Ocupação Chico Science no Itaú Cultural antes do fim do dia, antes que venha o temporal. Depois trago noticias e desde já recomendo muito esses dois programas, nos cinemas “O Homem Que Engarrafava Nuvens” e no Itaú essa mostra multimídia com uns dos mais inventivos musicos brasileiros. Eu vou lá.

Veja aqui o hotsite da Ocupação: http://www.itaucultural.org.br/ocupacao/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s