Todo Amor Que Houver Nessa Vida – Cássia e Cazuza

Cássia Eller me contou que ouvir Cazuza lhe deu coragem pra ser cantora. “Tive um baque depois que ouvi o cara cantando”, ela disse. Eles não se conheceram, se esbarraram, mas ainda segundo Cássia, “não rolou nada”. Imagine o perigo que seria isso! Dois furacões, dois talentos desse tamanho e com tanta vontade de viver, tanta gana e entrega.
Foi Waly Salomão que acabou promovendo o encontro desses dois monstros românticos. Além de poeta genial, Waly tinha incrível talento para o mundo da música, vide Gal FaTal e as tantas parcerias com Adriana Calcanhotto. Ele foi o produtor e diretor do disco “Veneno Antimonotonia” de 97 e do show “Veneno Vivo”, também lançado em cd. Foi a única ocasião em que Cássia Eller se demorou no camarim pra maquiagem e figurino antes de um show.
Bom, o resultado todo mundo conhece e é de arrepiar. Cássia cantando Cazuza é poesia pura, é mão e luva, é remédio pra dar alegria, é todo amor que houver nessa vida…

As imagens são do Acústico MTV. Lindo arranjo, banda da pesada. Vou agora mesmo rever o show inteiro!

2 comentários sobre “Todo Amor Que Houver Nessa Vida – Cássia e Cazuza

  1. É verdade a Cassia era maravilhosa o Cazuza um grande poeta.Confesso que não dava muita bola pro Cazuza mas depois que ouvi “todo amor que houver nessa vida com a Cássia me apaixonei por esse trabalho.
    Um bj!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s