Tom Zé e O Pirulito da Ciência

Todo mundo que me conhece sabe o quanto eu admiro Tom Zé e como gosto dele. Já somos até parceiros de trabalho. Fiz a seleção das vozes femininas do Estudando o Samba e ele, muito gentilmente, escreveu o prefácio do meu primeiro livro. Um texto tão lindo que me deixa até encabulada de tão feliz.
Já faz algum tempo que Tom Zé tem recebido o destaque que merece depois do doloroso e burro ostracismo em que se viu depois do naufrágio do Tropicalismo. Claro que não toca no radio como a gente gostaria, mas o que é que toca no rádio, afinal? Aqui, no mundo de verdade, tocamos e ouvimos Tom Zé.
Esse novo trabalho com a Biscoito Fino ganhou um nome divertido, “O Pirulito da Ciência” e é um apanhado de sua obra e carreira. Foi gravado no Teatro Fecap em cd e dvd com produção e direção de Charles Gavin. Imagino o que deve ter sido isso, dirigir Tom Zé…
Escolher o repertório foi um tormento. Imagine, o trabalho de uma vida, invenções geniais em lista pra resumir! Bom, aí estão “Nave Maria”, “Jimi Renda-se”, “Ogodô”, “Augusta, Angélica e Consolação” e entre outras raridades a incrível “Tô” que é do histórico “Estudando o Samba”. Lembram: “…tô te confundindo pra te esclarecer…”? Pois é. E ainda tem alguma coisa do recente Estudando a Bossa, entre elas a “Sincope Jaobim” que no cd original teve a participação de Andreia Dias. Aqui podemos ver um trecho dessa canção no show O Pirulito da Ciência:

Tom Zé sempre diz que toda essa cena que ele faz no palco é pra tirar a atenção da sua voz, já que ele não canta nada! Cantor ou não, ele dá o recado com grande eficiência, isso ninguém pode negar. Ele pensa cada detalhe do figurino e dos objetos de cena, tudo tem um sentido, cada peça e cada ação em cena quer dizer alguma coisa. Nada é gratuito. Laura Andreato assina também os cenários nesse espetáculo, além dos figurinos, e fez um lindo trabalho. Da minha experiência com ele posso dizer que o melhor que se pode fazer é facilitar o trânsito entre suas idéias e a concretização. Estamos a serviço dele e de sua cabeça genial e hiperativa. Como cabe coisa naquele homem tão miúdo é coisa pra Deus responder. Tom Zé é de uma vitalidade invejável.
O Pirulito da Ciência é uma oportunidade pra ter em casa um pouco da história desse querido amigo, desse genial compositor brasileiro, um dos pilares da nossa estética contemporânea. É um dvd, portanto, imperdível.

Estivemos juntos, Tom Zé e eu, no estúdio que ele acabou de montar em casa e falamos sobre o cd e dvd. Foi delicioso como sempre. Primeiro ele colocou os óculos pra me ouvir melhor e me divertiu o tempo todo falando sério daquele jeito que só ele sabe falar. A entrevista vai pro ar essa semana no Vozes do Brasil. Veja acima na página Vozes do Brasil no Rádio os horários e as emissoras.

2 comentários sobre “Tom Zé e O Pirulito da Ciência

  1. Ótimo post, Patrícia! É tão boa essa proximidade com o trabalho e com o artista que você tem. Dá um tom pessoalíssimo ao que escreve. Tomara que saia um podcast dessa entrevista, hein?

    Aproveitando, visite o blog da Biscoito Fino: http://www.biscoitofino.com.br/blog/index.php
    e deixe seus valiosos comentários por lá!

    Se você curte raridades, aí vai uma dica: Sopa de Concha: http://www.weblinkz.com.br/sopadeconcha/
    Escute e me diga o que achou, viu?
    Um grande abraço,

    Luiza de Sá
    Equipe Biscoito Fino

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s