Gilberto Gil, as guitarras e seu incrível violão

Já é bem conhecida a história da época dos Festivais quando houve aquela “passeata contra as guitarras”. Uma estratégia para divulgar um programa de tv, o Frente Única, que tinha Geraldo Vandré entre os apresentadores e principais defensores da MPB. Gilberto Gil participou, mas estava do outro lado. Estava curioso com os novos sons, querendo universalizar a nossa música pop, encantado com os Beatles e as novidades que vinham de fora. Foi logo depois que ele chamou os Mutantes com suas guitarras e atitude para defender “Domingo no Parque” por indicação de Rogério Duprat.
É conhecido também o talento de Gil como músico instrumentista. Sempre que aparece com seu violão é sensível a diferença, a personalidade, a delicadeza que ele impõe à canção. Quando ele se acompanha, sozinho, nos proporciona momentos especiais e por isso é tão bem vindo esse novo trabalho acústico. Liminha, que foi produtor do BandaDois, resume o trabalho como uma volta ao começo. Quem disse que é fácil ser simples?

A linha e o linho

Agora, pra lembrar daqueles anos loucos, vamos ver Gilberto Gil encerrando um programa de tv com Caetano Veloso aparecendo no final só de farra. Eles tinham acabado de voltar do exílio. Reparem nas imagens da coxia.

back in bahia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s