O Som, o Silêncio e Nina Becker


Uma semana sem aparecer por aqui. Só passei pra ver os deliciosos comentários deixados pelos leitores. Estive meio fora lendo muito e meditando sobre a importância do som na vida da gente.
Estou impressionada com o nível de barulho do mundo. No meu prédio alguém está destruindo pra reconstruir o apartamento do primeiro andar. Faz duas semanas que ouvimos marretadas por oito horas seguidas. Como pode?
Nos estádios reina a tal “vuvuzela”, não se ouve mais a alternacia de humor das torcidas naquelas olas musicais de alegria ou desespero, é só um zumbido sem fim…
Pra buscar o silêncio devo descer a serra do mar em direção à praia, ir pro Atacama, embarcar num veleiro?

Tirei de uma entrevista com um mestre yogue que os mantras são capazes de conduzir a mente a um plano mais elevado. É o poder do som que faz isso, mais do que o poder das palavras. Mais uma prova de que os sons exercem uma fortíssima influência sobre a gente.

Basta perceber como muda a sua atitude ao volante, por exemplo, quando a música que toca no rádio é mais calma ou mais nervosa. Contamina seu estado de espírito.

Adoro as músicas que respeitam o silêncio, onde se percebem espaços. Conversei sobre isso com Beto Villares que está fazendo um dos cds da Caixa Preta de Itamar Assumpção (lançamento Sesc em breve). E Beto faz isso com seus trabalhos desde sempre. Ele é um músico sensível, um grande produtor. Ouça Excelentes Lugares Bonitos, é um primor.

E aqui em casa, ontem, ouvimos o novo trabalho de Nina Becker. Miranda, o conhecido produtor, roqueiro como todos sabem, teve a sensibilidade de abrir esses espaços na música de Nina. O resultado é um cd duplo gostoso de ouvir. Um é solar, foi gravado com a banda Do Amor e algumas participações especiais. O outro é suave como a noite, delicado e com “Samba Jambo” no repertório entre outras pérolas. Sai pela YB de Mauricio Tagliari que arrasou nas guitarras e outros brinquedos sonoros. Destaque também para o cello de Moreno Veloso que deu uma densidade de arrepiar pra uma das canções. Ainda não sei os nomes das músicas, nem conheço direito a ficha técnica pra citar aqui os músicos e autores. Mas foi uma audição deliciosa.

Nina canta com a Orquestra Imperial, com a banda Do Amor, com o 3 na Massa e eu sonho ve-la com Jorge Mautner e Nelson Jacobina. Seu disco solo (duplo) sai já já pela YB. Por enquanto vocêss ouvem no Vozes do Brasil com exclusividade (que alegria!) e aqui com o 3naMassa.


direção: caroline bittencourt, nina becker, oscar segovia
fotos: caroline bittencourt
edição e montagem:oscar segovia
arte: ana strumpf
figurino: teka paes
make up artist: denylson azevedo

Com a martelada que come solta aqui no prédio, Nina Becker reina soberana ao lado de Nelson Freire e suas brilhantes leituras dos Noturnos de Chopin.

Deus salve o silêncio! E o som.

6 comentários sobre “O Som, o Silêncio e Nina Becker

  1. querida, adoro o jeito que vc escreve…uma pausa durante o dia pra lá de cheio. obrigada por nos receber, deliciosamente. saímos de lá muito felizes! vou encaminhar pra toda a turma.
    um beijo. com carinho.

  2. O som, o silêncio e o som do silêncio.

    Há 10 anos que escuto o som do silêncio.

    E, sim, também, no alto mar. Mas os “músicos” de lá são outros Deuses. Ventos, cabos, a onda que quebra o costado do barco…

    Na roça, às vezes, um ou outro pira e faz festa com porcaria na vitrola. Se ao menos tocassem Pena Branca e Xavantinho. Quem dera. Sem querer reclamar de boca cheia…

  3. Teve um show no Rio há alguns anos com a Nina + Do Amor + Nelson Jacobina, todos sentados no chão do teatro do Sesc Copacabana gerando notas e silêncios… foi fantástico, a mistura dá certo mesmo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s