2 comentários sobre “Sem palavras.

  1. Nem me fala PP. Conheci o Paulo no Parque Lage, no Rio. Era um programa certo, todos os domingos, ouvir, dançar, curtir aquele espaço com o som maravilhoso que rolava. Depois fecharam, por conta do Meio Ambiente, corretamente. Mas aquelas noites de domingo vividas ficaram… depois pessoalmente na casa do Benjamin Taubkin, enfim. Um puta cara legal, um puta som, um maestro-mestre em tudo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s