Bandeira e a Brisa do Nordeste

Não me canso de ler Manuel Bandeira. Releio suas crônicas com imenso prazer e gosto especialmente daquele relato da viagem de navio que é quase um romance. Os poemas eu amo. Leves e profundos ao mesmo tempo. “Brisa” é um deles. Bandeira propõe uma fuga, um sonho de vida pra todos nós, que é viver de sombra e água fresca largando tudo pra trás. O compositor baiano Paquito fez dele um samba de roda que Maria Bethânia gravou.
Inspirada pelo calor escaldante do fim de janeiro publico aqui o poema e um bom trecho de vídeo com Bethânia falando de Salvador e cantando essa e outras canções.

BRISA
Música: Paquito/ Poema: Manuel Bandeira

Vamos viver no Nordeste, Anarina
Vamos viver no Nordeste
Deixarei aqui, meus amigos, meus livros
Minhas riquezas, minha vergonha
Deixarás aqui, tua filha, tua avó, teu marido
Teu amante

Aqui, faz muito calor
No Nordeste faz calor também
Mas lá tem brisa
Vamos viver de brisa, Anarina
Vamos viver de brisa

Vamos viver no Nordeste?

Um comentário sobre “Bandeira e a Brisa do Nordeste

  1. Quero parabenizá-la pelo programa.
    Primeira vez que escuto, mas fiquei encantada.
    Deixo meu singelo pedido, desejo ouvir a musica da talentosa cantora paulista Suellen Luz “Um samba pra Cartola”, uma homenagem a este saudoso sambista e arquiteto da musica popular brasileira.
    Obrigada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s