Ella canta

Desde a primeira vez que ouvi Ella Fitzgerald cantando fiquei refém de sua voz. Uma viagem sem escalas para o encantamento. Ella e Joe Pass, os songbooks de Cole Porter, as canções dos Gershwin, de Irving Berlin e a sua maravilhosa e incomparável versão de Useless Landscape, entre tantas. Tudo isso pode girar na minha vitrola, no meu ipod, qualquer que seja o suporte, sem parar.
Li todos os livros sobre a vida dela, ouço tudo que posso, sou fã. Uma cantora elegante e visceral ao mesmo tempo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s