Festival Natural Musical em BH – Ouça Aqui!

NaturaM5ErikaM

 

A cobertura completa do Festival Natura Musical, que aconteceu em 3 praças de Belo Horizonte, MG.

 

 

 

 

 

 

 

Festival Natura Musical – parte I (Érika Machado, Fernanda Takai, Samuel Rosa, Marcela Bellas, 5 a Seco)

Festival Natura Musical – parte II (Arnaldo Antunes, Ney Matogrosso, Dona Jandira e Felipe Cordeiro, Elba Ramalho e Mariana Aydar)

Cobertura Especial Festival Natura Musical – Ouça Aqui!

Uma cobertura especial do Festival Natura Musical, que aconteceu em Belo Horizonte/MG, com entrevistas com os artistas participantes.

NaturaMusical

Felipe Cordeiro e Dona Jandira

Erika Machado

Elba Ramalho e Mariana Aydar

Arnaldo Antunes

5 a Seco

Fernanda Takai e Samuel Rosa

Ney Matogrosso

Marcela Bellas

Sombra no Vozes em Casa – Ouça Aqui!

SombraFantasticoMundoCultural

O rapper Sombra e seu Fantástico Mundo Popular vêm ao Vozes em Casa e Fernanda Takai, como repórter especial Vozes, entrevista Julieta Venegas.

 

 

 

Vozes do Brasil – bloco I (Milton Nascimento, Ney Matogrosso, Arnaldo Antunes, Erasmo Carlos, Cássia Eller, Fernanda Takai entrevista Julieta Venegas, Marisa Monte)

bloco II e Sombra no Vozes em Casa (Djavan, Mayra Andrade, Hamilton de Holanda, Yamandu Costa, Zé Ramalho)

Fernanda Takai no Vozes em Casa – Ouça Aqui!

FernandaTakai

Um programa quase todo dedicado à Fernanda Takai e seu novo disco, Na Medida do Impossível.

 

 

 

 

Vozes do Brasil – bloco I  e Fernanda Takai parte I (Dolores Duran, Ed Motta, Vanessa da Mata, Lulu Santos)

Fernanda Takai parte II

Fernanda Takai no Vozes em Casa – Ouça Aqui!

Fernanda Takai fala sobre suas músicas, tanto em sua carreira solo como em conjunto com o Pato Fu

 

 

 

 

Vozes do Brasil – bloco I (Thiago Pethit, Mallu Magalhães, Caetano Veloso, Tom Zé, Zélia Duncan, Céu)

Fernanda Takai no Vozes em Casa 

O primeiro Vozes inédito do ano!

Hoje é dia de Vozes do Brasil inédito aqui em São Paulo. Depois ele segue por aí pra Curitiba e Santos no sábado e na outra terça vai pra Belo Horizonte.
No final do ano passado conversei com Elza Soares, Dominguinhos e Francis Hime e guardei as entrevistas pra começar 2010. Aí estão, com uma programação do repertório desses feras da nossa música.
Aproveito também o primeiro do ano pra tocar coisas novas, discos que recebi nas férias e gostei muito. Tem Otto, Ed Motta e Maria Rita, Ana Carolina e Luiz Melodia, Anelis Assumpção e Gui Amabis, Fernanda Takai e John Ulhoa. Vários duetos por uma feliz coincidência. Essa gravaçao da Ana Carolina com o Melodia é incrível. Eu adoro o samba “Cabide” que Ana compôs pra Mart’nália e tinha curiosidade de ouvir na voz da autora. Taí, com a preciosa contribuição de um dos maiores cantores do Brasil. Me deixa feliz ouvir Luiz Melodia cantar por isso toco sempre no programa e quem ouve o Vozes faz tempo até grita “bingo!”. O dueto de Ed com Maria Rita também está delicioso. A pilantragem do título dá a deixa do som, a música é a cara da malandragem anos 70 de Carlos Imperial e sua turma com a maior qualidade, swing e charme. As duas duplas que encerram a seleção tirei do cd que comemora os 10 anos do projeto Guri que forma jovens músicos aqui em São Paulo. E a molecada toca no disco, muito bacana!

Pra saber nome de música, discos, autores e tudo o mais entre na página acima “Play List do Vozes”, e pra saber dos horários e emissoras que transmitem o programa “Vozes do Brasil no Rádio”. Aí é só se programar e aumentar o volume. Bom divertimento!

Takai e Cherhal cantam Berimbau no Station Brésil

remy e euQuando entrei no palco, ao lado de Rémy, para apresentar essa noite do Station Brésil lembrei da ciranda e do mangue beat de Pernambuco. Somos antropofágicos por natureza. Por isso é muito bom assistir um encontro onde os artistas se entregam à proposta da mistura. A francesa Jeanne Cherhal tem sido minha preferida nessas noites de Station Brésil. Pros brasileiros a brincadeira já faz parte, é comum a integração e existe até, ouso dizer, uma facilidade em correr atrás da nota, aceitar um desafio.
No caso de Jeanne me impressionou a dedicação e a vontade de fazer direito com tão pouco tempo de ensaio. Com a Banda de Pífanos em João Pessoa ela já tinha arrasado e em Recife ela teve a sorte de encontrar Fernanda Takai que também leva a sério esse tipo de oportunidade. Elas fizeram juntas duas músicas. A primeira foi Berimbau, da leva Baden/Vinicius, bastante conhecida na França. A segunda, já no show de Jeanne, foi em francês, com Fernanda tirando de letra um repertório apresentado a ela naquele mesmo dia. Que orgulho!!
jeanne takai perto

Outro bom momento foi o encontro de Mariana Aydar com Spleen. Eles fizeram juntos uma música da francesa Camille, que já esteve algumas vezes no Brasil e tem fãs e parceiros por aqui. Duas energias bem diferentes no mesmo palco e deu certo! Spleen faz um som mais visceral, hip hop, funk, masculino. E Mariana é aquela doçura que a gente conhece.
Foi a primeira vez que ela se apresentou em Recife e o público a recebeu muito bem! Cantaram junto e alto todas as canções que ela fez: “Zé do Caroço”, “Deixa o Verão”, “Peixes”, foi lindo de ver! A banda foi montada com Duani nas percussões, bateria, cavaquinho e a luxuosa participação de Webster Santos e Paulinho Lepetit.
kavita e spleen
Fecharam a noite dois bardos: Zeca Baleiro e Louis Bertignac que acabaram fazendo Beatles no momento da jam. O público adorou.
Pra saber mais, ver as fotos oficiais e a cobertura em francês do meu colega Rémy, acesse o site:
http://www.stationbresil.com.br/