Especial Elizeth Cardoso – Ouça Aqui!

Especial sobre Elizeth Cardoso, a Divina com os bastidores e o show de Teresa Cristina.

 

 

 

 

 

Vozes do Brasil – bloco I (Natália Matos, Marcela Bellas, Fernanda Takai, Festival Vozes – Zélia Duncan e Anelis Assumpção, Ney Matogrosso, Secos e Molhados, Lenine)

Especial Elizeth Cardoso e Discoteca do Vizinho (Teresa Cristina, Elizeth Cardoso, Bossa Cuca Nova, Emílio Santiago, BNegão & Seletores de Frequência, Ana Claudia Lomelino, Pélico)

Zélia Duncan no Vozes em Casa – Ouça Aqui!

ZeliaDuncan

 

O Vozes em Casa recebe Zélia Duncan falando sobre seus novos trabalhos, ToTatiando e Canta Itamar Assumpção.

 

 

 

Vozes do Brasil – bloco I  e Zélia Duncan no Vozes em Casa – parte I (Lulu Santos, China, Ney Matogrosso) 

Zélia Duncan no Vozes em Casa

Entrevista exclusiva com Zélia Duncan, Juliana Perdigão no Vozes na Praça e Aricia Mess no Vozes em Casa – Ouça Aqui

Edição feminina do Vozes, com entrevista exclusiva com Zélia Duncan, falando de sua nova música, Juliana Perdigão falando sobre o disco Álbum Desconhecido no Vozes na Praça e Aricia Mess faz músicas exclusivas para o Vozes em Casa!

 

 

Exclusiva Zélia Duncan e Juliana Perdigão no Vozes na Praça

Vozes em Casa com Aricia Mess

Vai cantar o que?


Saiu hoje, sábado 26 de fevereiro, a minha coluna no Ouvido Absoluto do C2+Música do Estadão. Inspirada pela notícia do novo cd de Gal Costa escrevi sobre repertório. Caetano Veloso está compondo o disco inteiro pra ela. Ele já fez lindas canções para diversas musas cantoras. Entre elas, Angela Ro Ro com a magnifica “Escandalo”. Achei uma gravação antiga.

E pra Mart’nália tem a incrível “Pé do Meu Samba”. Aqui os dois juntos.

Falei também da escolha de repertório bem feita. Um bom exemplo é o cd “Eu Me Transformo em Outras” de Zélia Duncan. Veja o que é “Doce de Côco”

O link pra coluna na íntegra está aqui.

Cariocas são bacanas.

Nessa semana tem Mart’nália especial no Vozes do Brasil. Nos encontramos em São Paulo pra falar dos shows de lançamento do dvd/cd gravado na África. Logo depois escrevi um textinho pra uma revista gringa sobre o sorriso dela e o Rio de Janeiro. Bom, foi inspirador.
Confesso que o Rio não tem sido um dos meus destinos preferidos. Vou até lá pra trabalhar, é muito quente, não vou à praia… mas a cidade é maravilhosa e um lindo cenário.
Por isso coloco aqui a Clara Moreno passeando pela orla num clipe sensacional e Zélia Duncan com aquele lindo poema sobre o Redentor musicado por Beto Villares, um paulistano da gema.
E, claro, Mart’nália, nossa musa da semana, com uma parte da folia que ela fez na África.
Divirtam-se.

Clara Moreno

Zélia Duncan

Mart’nália

Luiz Tatit no Vozes dessa semana, uma conversa imperdível pra quem aprecia a canção brasileira!

Conversar com Luiz Tatit é uma dessas oportunidades que quando a gente tem pensa logo em agradecer! Como é bom! Cantor, compositor, um dos fundadores do Grupo Rumo, grande professor e pensador da canção popular. Dá vontade de ficar alí por horas perguntando, perguntando, perguntando… Ainda bem que ele publicou vários livros, senão seria um transtorno.
No Vozes do Brasil dessa semana (confira horário e emissoras na página VOZES DO BRASIL NO RÁDIO), ele fala sobre seu novo disco Sem Destino. Aproveitei pra gravar Natura Musical com ele também e foi delicioso ouvir a história de suas composições. “Capitu”, por exemplo, que talvez seja sua música mais conhecida hoje em dia por conta da gravação de Zélia Duncan, não foi exatamente inspirada na personagem de Machado de Assis… Pra saber direitinho, vai ter que ouvir a entrevista!

Bom, hoje separei aqui alguns vídeos sobre e com Luiz Tatit. No primeiro deles, Arthur Nestrovski, violonista, compositor e editor, fala sobre o livro “Todos Entoam”, que é uma referência pra entender nossa música.

Aqui, Zélia Duncan recebe Luiz Tatit no palco pra cantarem juntos “A Companheira”. Vale lembrar que a já falada “Capitu” foi gravada por Zélia no cd Eu Me Transformo em Outras com arranjo incrível. Ela sempre foi fã do Rumo, da Nä Ozzetti e de Tatit, aqui ela só confirma essa admiração e parceria.

“Capitu” com Luiz e Jonas Tatit, seu filho e um excelente violonista. Agora também são parceiros em várias composições.

Uma gravação da década de 80 com o história Grupo Rumo. Não podia faltar!

Ouve no rádio, vê aqui.

Essa semana me deu uma nostalgia dos anos 80 e lá fui eu ouvir o Luni. Acabou indo pro ar, é claro!
Ao lado de Fellini, Smack, Mercenárias, Gang 90 e as Absurdetes, Cazuza e os ingleses incríveis que Thomas Pappon nos apresentava, era o Luni que furava a vitrola.
Fui abrir a livraria do Youtube e achei esses vídeos da Ruth Slinger que são retratos da época. Cabelos, calças, aquele visual cafonérrimo que a gente achava lindo. E o Luni era muito pop, muito fashion, muito bacana, era a melhor banda! André Godon, Fernando Figueiredo, Gilles Eduar, Lloyd Bonnemaison, Lelena Anhaia, Marisa orth, Natália Barros e Théo Werneck. Os shows eram incríveis.
A qualidade da gravação é sofrível, mas vale a pena.

Luni – Taxi
Percebam a interpretação de Natália Barros e Marisa orth correndo sabe lá de quem dentro do carrinho e no túnel. É muito bom!

Luni – Johnny
Agora a teatral Johnny com Marisa toda montada e Théo Werneck cantando muuuuuito!

Outra vontade foi ouvir Suely Mesquita e suas letras incríveis e sua elegância vocal de soprano mestra de canto. Suely lançou o segundo disco em 2008, o Microswing e continua correndo por aí com suas oficinas que arrebatam joven cantores e cantoras. Bruno Morais foi aluno dela.
Suely é parceira de Fernanda Abreu, Aricia Mess, pedro Luis, Moska, Zélia Duncan, Mathilda Kóvack e Zeca Baleiro, pra dizer alguns. E sempre contribui muito com sua sutileza e inteligência.

Suely Mesquita e Zélia Duncan – Imenso
Aqui um encontro com Zélia Duncan, sua parceira em “Imenso”, uma brincadeira com o jeito português de falar.

Suely Mesquita e Moska – Seu Olhar
E a parceria de Suely Mesquita e Moska, ainda inédita em disco.

Pronto, conforme prometi no Vozes do Brasil, mostrei o que você ouviu no rádio.